admin

11 minutos Essa é aquela época do ano: você fechou 2017 e está refletindo em tudo o que você realizou nos últimos doze meses. Mas não é apenas um momento para olhar para trás, é hora também de olhar para frente. O que você deseja realizar ao longo desse ano, e qual é o melhor caminho a seguir? Muitas empresas grandes usam OKRs para um planejamento anual e trimestral bem sucedido; de fato, o Google acredita o processo com o seu crescimento exponencial e Continue lendo

5 minutos A “mídia pop” tem um péssimo hábito de tomar uma observação aparentemente inócua e colocá-la totalmente fora de proporção e de contexto. Um desses exemplos são as recentes insinuações de que “líderes” são melhores do que “chefes”, e que são mutuamente exclusivos, mas podemos dizer que isso é verdade? Provavelmente não. Ser líder ou ser chefe é uma escolha específica feita pelos gerentes como forma de adotar um estilo de gerenciamento de desempenho. O gerenciamento de desempenho é definido como “o processo Continue lendo

8 minutos Quanto mais esforço for exigido de um cliente ao fazer uma compra, maior será o risco de sua execução, ou seja, cancelar sua assinatura ou não fazer uma compra repetida. A Forrester descobriu que 77% dos clientes dizem que “avaliar o tempo deles é a coisa mais importante que uma empresa pode fazer para oferecer um bom serviço de atendimento ao cliente. Se esses clientes não recebem o serviço que eles sentem que merecem, 55% dos clientes são muito feliz em abandonar Continue lendo

2 minutos Saiba sobre o framework brasileiro CapivaraJS que vem sendo desenvolvido. Fala pessoal! Meu nome é Mateus Miranda e sou desenvolvedor Full Stack. Vou contar um pouco sobre um framework que eu estou colaborando. Espero que eu possa ajudar outros devs a tomar boas decisões no momento da componetização de suas aplicações. Quando falamos em Framework de desenvolvimento de componentes, logo lembramos de alguns famosos, mas será que só tem espaço para eles no mercado? Será que uma comunidade brasileira tem capacidade para Continue lendo

7 minutos O gerenciamento não transparente, onde o gerente mantêm os funcionários no escuro quando se trata do desempenho da empresa, é um método muito parecido com o processo de cultivo de cogumelos. Diante disso, e para dar um passo em direção à erradicação do problema, achamos que vale ressaltar os sinais de que você pode ser um gerente de cogumelos e como se parar. 1. Sua equipe não se concentra em tarefas que se alinhem com os objetivos e desempenho do negócio. Se Continue lendo

7 minutos A palavra “transparência” quase parece uma espécie de poeira de duende mágico que pode fazer tudo melhor simplesmente dizendo isso. Oferta transparente. Preços transparentes. Cultura transparente. É fácil relaxar, mas o que significa realmente? Uma questão ainda melhor, isso importa? Por que “ser transparente” é um grande negócio nos negócios? Primeiro, vamos começar com uma definição simples. O que é transparência? A transparência é a condição de ser fácil de perceber ou detectar. Duas observações rápidas: 1. A transparência é uma condição. Continue lendo

5 minutos Você já ouviu falar sobre People Analytics? É a prática de aplicar análises avançadas e grandes quantidades de dados ao gerenciamento de recursos humanos – independentemente do tamanho da empresa. Até cinco anos atrás, apenas algumas empresas líderes (como o Google) adotaram a metodologia. Hoje, é cada vez mais prevalente no mundo corporativo. Isso porque a People Analytics está sendo uma maneira extremamente eficaz de gerenciar as operações de gestão de talentos de uma empresa – realizando avaliações de desempenho, por exemplo. Continue lendo

3 minutos Instagram, Facebook, Twitter, LinkedIn, Snapchat, Tumblr. Estas são algumas das mídias sociais que dispomos atualmente. Trata-se de uma pequena amostra frente às inúmeras opções que existem. Justamente por haver tantas opções, as marcas acabam se perdendo e nem sempre os resultados são positivos. Isso ocorre porque, ao distribuir seu tempo e esforço em várias redes sociais, nem sempre é possível dar a atenção devida a todas delas, diluindo todos os recursos de maneira que os resultados também se veem diluídos, quase imperceptíveis. Continue lendo

4 minutos O planejamento estratégico de uma empresa começa por decidir quais oportunidades merecem tempo, pessoas e dinheiro e quais devemos deixar passar. Mas como saber quais são as melhores e as piores oportunidades? Segundo Michael Porter, escritor e professor da Harvard Business School, “a essência da estratégia está em escolher o que não fazer”. Bonito isso, né? Levando essa frase ao extremo, isso significa, por exemplo, decidir vender uma empresa para adquirir outra. No dia a dia, quer dizer deixar algumas iniciativas em Continue lendo

1 minuto Seu chefe acaba de entrar em sua sala e diz: “ei, nós subestimamos nossos recursos. Eu preciso que você analise o Gráfico de Gantt e me diga se há algum agente livre para fazer essa tarefa aqui, de forma que não atrasemos nosso caminho crítico”. Espera, o que aconteceu? Gráfico de Gantt? Caminho crítico? O que é isso tudo? Ai ai, acho que não sirvo pra isso… Leitura recomendada: O que é o Caminho Crítico e como dominá-lo? – Guia Completo Seja Continue lendo