Conheça as 7 maneiras para um líder destruir seu time

Tempo de leitura: 5 minutos

É muito frequente, quando o assunto é liderança, ouvirmos histórias de grande sucesso.

Existem por aí inúmeros ótimos livros e ferramentas à disposição de líderes que deveriam ser inevitáveis o sucesso, a competência e a eficiência.

Mas sabemos que não funciona assim, pelo simples fato de liderança envolver pessoas, e pessoas são criaturas bastante complexas.

Leitura recomendada: Sua empresa está preparada para o novo mundo digital?

Sempre que você estiver lidando com pessoas, as coisas não serão assim tão simplistas.

Outro fator importante para que esse sucesso não seja tão garantido é que o conhecimento teórico, de livros, nem sempre se traduz para um conhecimento prático, “de rua”.

Só porque você pode ler e falar a respeito de um assunto, não quer dizer que você possa efetivamente aplicar em prática esse assunto.
Você já se perguntou como pessoas ineficazes e incapazes chegam até papéis de liderança?

É claro, existem muitas possibilidades para isso ter acontecido, mas a mais comum pode ser explicada da seguinte maneira: pessoas contratam pessoas, que contratam pessoas, que contratam pessoas.

Em algum lugar dentro dessas três gerações de contratação, há pessoas colocadas em papéis de liderança que não são capazes de cumprir com esse papel.

E alguns desses líderes incompetentes vão muito além de “simplesmente” serem incompetentes.

Alguns possuem a capacidade de literalmente destruir suas equipes e seus colaboradores. São os chamados “Destruidores de Liderança”.

Infelizmente, mesmo, os “Destruidores de Liderança” não são casos isolados.

Se você tem alguma experiência profissional e já trabalhou em mais de uma empresa, é muito provável que você já tenha trabalhado para um líder assim.

Mas o que faz um Destruidor de Liderança?

1. Faça o que eu mando, ou rua”
Todo mundo tem uma opinião, e algumas vezes as pessoas têm ideias, insights e sugestões que podem ser úteis para aqueles que estão no comando.

“Faça o que eu mando, ou rua” é geralmente um sinal de insegurança do Destruidor de Liderança. Esse tipo de atitude pode criar um ambiente controlado, mas jamais criará um ambiente de sucesso.

Escute seu time, envolva ele, aprenda com ele e abrace a realidade que o coletivo é muito mais saudável (e tem muito mais chances de sucesso) do que uma atitude egocentrista como “faça o que eu mando, ou rua”.

2. Tudo se resume a números
É claro, números realmente importam, e no fim das contas, não há empresa que se mantenha sem dinheiro.

Seja uma ONG, seja uma instituição de caridade, seja uma empresa, é importante mensurar as coisas.

O problema é quando o Destruidor de Liderança se concentra APENAS nos números, esquecendo as pessoas de seu time, que são quem fazem os números acontecerem.

Eles perdem a visão do “como”, porque estão muito focados no “o que”. Números importam, mas pessoas importam mais. Foque em criar um time saudável, que números saudáveis serão o resultado natural.

3. Falar e não ouvir
Ninguém pode dar uma palavra ou sua opinião, porque o Destruidor de Liderança está sempre falando.

Se pessoas não são ouvidas, elas irão parar de falar coisas que são importantes. Fique quieto, escute!

4. Mudar coisas apenas por mudar coisas
Mudanças são boas, e muitas vezes bastante necessárias para se atingir novos resultados.

O Destruidor de Liderança eleva isso a outro nível, mudando coisas apenas para mostrar ao time que ele é o chefe.

Fechados a receberem feedback negativo ou de voltar ao jeito que realmente funcionava, mesmo quando a mudança que propuseram não funciona.

Não tente mudar coisas apenas para justificar sua existência, ouça seu time quando eles dizem que a forma antiga deve voltar a ser adotada, e os porquês de eles estarem dizendo isso.

Mudanças para serem positivas precisam de uma necessidade, um timing e de monitoramento de impacto.

5. Eles não se importam
A maneira mais rápida de se destruir um time é não se importar com aqueles que fazem parte dele.

Pode ter certeza, todos do time sabem quando seus líderes está fingindo se importar com ações “para inglês ver”.

E quando verdadeiramente se preocupam com cada indivíduo do time, com o papel que desempenham no time e o quanto seus líderes estão preocupados em auxiliá-los a desempenhar seu papel.

6. Focar em agradar o “big boss”
É normal – e saudável – querer passar uma boa impressão para seu superior e auxiliar sua empresa a atingir o sucesso.

Mas os Destruidores de Liderança elevam isso a um outro nível. O Destruidor de Liderança fará absolutamente qualquer coisa para parecer bem, ao invés de fazer absolutamente qualquer coisa para que o certo aconteça.

Pensar somente “o que o “big boss” vai pensar” irá destruir o time, pois o time não irá receber os devidos créditos quando os devidos créditos forem merecidos.

7. Não ser disposto a receber feedback
Quando um indivíduo não se dispõe a ouvir um feedback porque “pode doer” ou por “não ser o que eu quero ouvir”, ele está com sérios problemas.

Uma vez que o time perceber que o Destruidor de Liderança não está disposto a receber feedback, o time vai parar de dar feedback.

Uma vez que o time parar de dar feedback, o líder passa a ficar em uma “ilha”. Ilhas são maravilhosas para se passar férias, mas são lugares horríveis para se ficar quando você está tentando liderar um time.
Agora que você sabe quais são as principais características de um Destruidor de Liderança, que tal fazer uma reflexão sobre qual dessas características você possui?

O que pode fazer para mudar?
Bons negócios!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *