Persona: você sabe o que é e para que serve? – Parte 2

Tempo de leitura: 3 minutos

No post anterior – Persona: você sabe o que é e para que serve? – Parte 1 – falamos sobre o conceito de uma persona e o porquê é importante que você pense em criar uma para seu negócio.

Você ser capaz de se colocar no lugar de seus clientes e pensar/agir como eles é a chave para uma estratégia de comunicação e marketing bem-sucedida.

Mas como construir essa persona? Vamos lá!

Background profissional e pessoal
Você basicamente precisa descrever o que seu público-alvo geralmente faz e em que posição ele está em sua carreira.

Você também deve expandir o background para o nível educacional do persona, os hobbies que ele pode vir a ter, o que gosta e o que não gosta.

Informações demográficas
Aqui, evite entrar em coisas como “40% homens, 60% mulheres”.

Leitura recomendada: Conheça os benefícios de uma pesquisa de mercado

Você está criando um personagem fictício para esse exercício, então seja específico sobre gênero, idade, status familiar, etnia, etc.

Uma vez que você criou um persona para representar seu público-alvo principal, você pode pensar em criar personas secundárias que possam vir a representar outros públicos-alvo de sua empresa.

Mas, por hora, foque no principal e seja bastante específico, com o maior número de detalhes possível.

Objetivos
Quais são os objetivos de sua persona? Muitas vezes os objetivos vão estar muito acima do problema imediato que sua empresa resolve.

Por exemplo, uma empresa pode oferecer inglês focado em negócios, e o objetivo do persona seja um MBA em uma universidade norte-americana.

A empresa não vai resolver o objetivo imediato do persona, mas aprender inglês com certeza é um passo seja capaz de cursar um MBA nos EUA.

“Eu quero/preciso”

O que seu persona quer e/ou precisa para que alcance os objetivos que você definiu para ele?

Usando o exemplo anterior, ele precisa aprender inglês, precisa ter um bacharelado, e precisa ter algum diferencial capaz de fazer com que uma universidade dos EUA o aceite para cursar um MBA.

Preocupações
Que tipo de preocupações tem seu persona? Estaria ele preocupado com segurança?

Ou talvez preocupado com uma potencial dificuldade de devolução do produto adquirido? Quão importante é a durabilidade de um produto?

Comportamento de compras
A maioria dos clientes vai comprar de você com frequência, ou a compra é feita uma vez na vida?

Seu cliente é leal a uma marca? Ele já solucionou seu problema alguma vez e atingiu seu objetivo?

Foto
Para completar sua persona, acrescente ao perfil uma foto.

Afinal de contas, o persona deve ser real para você e para seu time, e acrescentar uma foto vai lhe auxiliar com isso.

Pode parecer contraintuitivo apenas focar em uma pessoa, mas focar em uma única pessoa que é uma boa representação das características gerais dos seus clientes irá fazer sua estratégia de marketing ser muito mais efetiva.

Algumas coisas para manter em mente:
* Não embase seu persona em um cliente real; um bom persona é feito a partir de todos os seus clientes-alvo e irá ter elementos de várias dessas pessoas;
* Não embase seu persona em estereótipos. Não tire suas conclusões sobre os interesses do seu persona baseando-se apenas na idade, gênero ou localização – faça sua pesquisa e deixe que seus clientes falem!

Você conseguiu criar um persona para seu negócio? Conte para nós nos comentários como foi sua experiência!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *